O que é Marketing e qual é a sua origem?

Após as grandes guerras do início do século 20, a revolução industrial se intensificou de tal forma que as marcas passaram a investir em propaganda para sanar seus problemas, mas em vários casos ela não era suficiente, então foi aí que o marketing teve seu início.

Segundo o dicionário, marketing nada mais é do que uma “estratégia empresarial de otimização de lucros por meio da adequação da produção e oferta de mercadorias ou serviços às necessidades e preferências dos consumidores, recorrendo a pesquisas de mercado, design, campanhas publicitárias, atendimentos pós-venda etc.”

Ou seja, é a arte de fidelizar clientes através da geração de valor de um produto ou serviço que atenda as necessidades e preferências de seu público-alvo por meio de estratégias de divulgação.

Ao longo dos anos, o Marketing evoluiu, passando por quatro fases: Marketing 1.0, 2.0, 3.0 e 4.0. Neste artigo entenderemos melhor sobre cada uma destas fases.

Marketing 1.0

O Marketing 1.0 é definido pela era industrial. Nessa época, no início do século XVIII, o marketing estava relacionado a produtos padronizados, uma vez que os custos de produção seriam menores e o maior objetivo era vender em grande escala a todos que possuíam interesse em comprar.

Henry Ford marcou esta era com a produção em grande escala de carros pretos, não oferecendo nenhuma alternativa além desta, aos que gostariam de adquirir um carro. Como ele mesmo dizia: “O cliente pode ter o carro na cor que quiser, contanto que seja preto.”. Ou seja, foi uma era centrada no produto.

Marketing 2.0

No início da era da informação nos anos 80, surgiu o Marketing 2.0, onde através do fácil acesso a informação, os consumidores são bem informados e encontram várias ofertas de produtos muito semelhantes.

Dessa forma, o cliente que define o valor do produto, fazendo com que os profissionais de marketing precisem “trabalhar ainda mais”, dividindo o mercado e desenvolvendo um produto que atenda aos desejos e necessidades de determinado mercado-alvo. Ou seja, foi uma era centrada no consumidor.  

Marketing 3.0

A partir da Era do consumidor, em 2010, Philip Kotler considerado o “Pai do Marketing Moderno” lançou o conceito de Marketing 3.0 que é voltado para os valores.

Os consumidores passaram a serem tratados de forma mais analítica, como seres humanos que pensam e consequentemente fazem suas próprias escolhas, como por exemplo, a crescente preocupação com a justiça social, ambiental e financeira, as pessoas buscam empresas que possuem essas preocupações em sua missão, visão e valores.

Elas procuram nos produtos e serviços uma satisfação que vai além da compra em si.

O Marketing 3.0, tem o objetivo de oferecer soluções para os problemas da sociedade, levando o conceito de marketing a um plano de aspirações, valores e espírito humano, fazendo com que as empresas que o praticam toquem os consumidores em um nível muito superior, alcançando, assim, maiores e melhores resultados. Esta era estava centrada no ser humano.

Marketing 4.0

No marketing 4.0 os próprios consumidores influenciam uns aos outros nas escolhas dos produtos.

Por isso as empresas precisam atentar-se cada vez mais não só na venda em si, mas também no pré e pós venda, pois os próprios consumidores que irão ajudar na divulgação de tal marca/produto/serviço ao indicarem para pessoas próximas e também por divulgarem a experiência que tiveram (boa ou ruim) na internet (sites e redes sociais), influenciando diretamente as escolhas das outras pessoas e colocando a imagem da empresa exposta de forma positiva ou não.

Com isso, as empresas precisam agir ainda mais de acordo com sua missão, visão e valores por estarem mais expostas e visadas nesta era digital.

Em breve mais dicas aqui no blog. Não deixe de cadastrar seu e-mail na barra superior esquerda ou no fim da página para ser avisado sobre novos artigos.

Me siga também nas redes sociais clicando nos links abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *